Como montar uma loja virtual? Um checklist simplificado

Com certa frequência, recebemos questionamentos sobre quais os passos para colocar uma loja virtual funcionando. Da concepção da ideia até a primeira venda, que passos o empreendedor deve seguir e quais os pontos de atenção na implantação de uma loja virtual?

Pensando nisso, decidimos elencar os principais pontos de uma forma simples e didática, como um checklist simples do que o empreendedor deve estar atento. Mas é importante deixar claro que essa é uma abordagem geral. Diferentes segmentos podem ter detalhes que não vamos explorar aqui.

A sua ideia
Como qualquer grande empresa, a sua também saiu de uma ideia. Você percebeu uma demanda latente no mercado e pensou “é a minha chance!”. Com sua ideia definida, agora é hora de dar forma a ela:

– Antes de começar, vale pesquisar se existe algum ponto da legislação nacional que pode inviabilizar a abertura da sua loja online. Então fique atento.

– Defina seu nome, sua marca, seu domínio, identidade visual e cores. Lembre-se de fazer o registro do seu nome e marca para evitar que outros peguem carona no seu futuro sucesso.

– Tenha bem claro qual o seu público e para quem você quer vender. Entenda os hábitos de consumo desse público e crie sua estratégia de vendas.

Estruturando seu negócio
Ótimo! O seu empreendimento online já tem um nome e um propósito. Você já pode se concentrar na próxima etapa: estruturar a sua loja. Essa é a parte onde grande parte das pessoas tomaram decisões apressadas e pecando pelo excesso. Lembre-se, nenhuma empresa multinacional começou com 300 lojas em 50 países, não há nada de errado em começar com uma loja simples que vai se aprimorando com o tempo.

– Entenda a dinâmica do seu negócio, saiba qual a sua capacidade de produção, entrega e resposição de estoque. Nada é pior do que uma loja virtual não conseguir suprir seus pedidos.

– Pesquise e entenda a plataforma indicada para a sua realidade. Existem uma série de detalhes que devem ser levados em conta. Esse post pode ajudá-lo a entender melhor.

– Quais formas de pagamento você aceitará? Quanto mais formas de pagamento, maior a possibilidade de conversão. Saiba mais sobre escolha dos meios de pagamento aqui.

– Preocupe-se em proporcionar segurança aos seus clientes durante a compra.Invista em fornecedores de serviços anti-fraude para evitar que os dados dos seus clientes sejam expostos. Clique aqui e veja a nossa postagem sobre segurança no e-commerce.

– Quais formas de entrega você vai usar para levar seus produtos até o cliente? Seja pelos Correios ou por outras empresas terceirizadas, o processo de entrega é um ponto muito importante a ser tratado.

– Fora exceções, é praticamente impossível gerir uma operação de e-commerce sozinho. Então é importante pensar em uma equipe que irá auxiliá-lo no cotidiano da loja.

– Apresente sua loja para o mundo! Desenvolva a estratégia de lançamento da sua marca e se possível, procure por um parceiro que o ajude a investir sua verba com sabedoria, e que saiba encontrar os meios e canais mais adequados ao seu público.

As tarefas do seu dia-a-dia
Agora sim seu e-commerce está pronto para oferecer seus produtos para todo o mundo. Com a estrutura pronta, você precisa focar em fazer seus produtos serem consumidos, gerar novas vendas e mensurar o que tem dado resultado. Vamos explorar o cotidiano de uma operação de e-commerce em um outro post.

Comentários