Saiba como usar o Pinterest e Instagram para bombar seu e-commerce de Moda

Mídias sociais e moda criaram uma relação tão perfeita, que praticamente é impossível pensar em uma sem lembrar da outra. Seja buscando por inspirações para o look do final de semana ou pesquisando tendências de cores e estampas para a próxima coleção, as mídias sociais, em especial o Pinterest e o Instagram, tem sido ferramentas indispensáveis.

O segmento de moda é visual, e o nosso interesse inicial em uma peça de roupa na vitrine só acontece quando ela chama atenção aos nossos olhos. Qualidade, preço e conforto são percepções secundários, que normalmente só avaliamos depois que nossos olhos foram atraídos pela beleza do produto. E no virtual, isso é potencializado, pois fotos e vídeos são os únicos elementos que o cliente terá acesso para avaliar o seu produto.

Em 2015, o Relatório WebShoppers da Ebit apontou que o segmento de moda continuou na liderança de categoria mais vendida, com 14%. Agora  é hora de saber como você, lojista do segmento de moda, pode aproveitar dessas duas redes sociais para melhorar os resultados da sua loja virtual:

Pinterest:

O objetivo inicial do Pinterest é ser uma releitura daquele painel de inspirações que muita gente tinha no final dos anos 80, juntando recortes com imagens de roupas, casas, objetos e até mesmo momentos que você queria. Hoje você navega por ele buscando imagens através de palavras chave.

A grande maioria das marcas usa o Pinterest como um segundo catálogo de produtos e lookbook, agrupando seus pins por coleções, estampas ou tipos de peças.

O Pinterest ajudará você a dar visibilidade a seus produtos, visto que o os “repins” preservam a descrição original da pinagem, então tenha sempre o cuidado de colocar as informações sobre o produto e contato nas suas pinagens e perfil. Utilize quantas imagens puder, várias fotos do mesmo produto com certeza é garantia de mais repins.

Instagram:

Comprada pelo Facebook em 2012, o Instagram é uma das redes sociais de maior penetração no mundo, seja para compartilhar momentos, aquele delicioso prato de comida ou o look da festa, todo mundo tem algo para mostrar.

O uso do instagram pelas marcas também lembra um catálogo, mas com uma forma de exibição diferente, que funciona por afinidade do usuário com o perfil, similar a organização por relevância do Facebook. Aqui você também pode publicar vídeos de curta duração, um aliado para mostrar qualidades dos produtos de moda que podem ser um pouco difíceis de perceber através de imagens estáticas, como, o caimento.

As hashtags são outras forma de facilitar a busca pelos seus produtos, o funcionamento aqui é similar ao do Pinterest, pois muitas pessoas também buscam inspirações no Instagram, existem inclusive perfis exclusivos para isso. Na elaboração dos posts da sua marca, é muito indicado a pesquisa por hashtags de grande relevância no seu meio, inclusive em outro idioma.

A moda é um dos segmentos mais abrangentes, apesar das pequenas variações em relação à renda, localização ou comportamento de compra, todos utilizam da roupa como modos de expressão. E quando adicionamos a tecnologia nisso, as marcas só tem a ganhar, sejam elas de alto valor agregado e alcance quase global, ou o pequeno lojista de bairro. E você, já fez o seu post de hoje?

Comentários